Pages Navigation Menu

Rompendo a neutralidade com um toque de cor – Parte 3

1

Linhas puras, neutralidade e equilíbrio aparecem como curingas neste espaço em que o branco é quebrado em pontos escolhidos pelo arquiteto Jayme Bernardo, que optou pelos tons de lilás presentes nas almofadas sobre o sofá e a poltrona.

Ao usar poltrona e pufes com fibras naturais, Bernardo pretendeu aquecer o ambiente e fazer relação direta com a natureza que pode ser vista através das grandes aberturas de portas e janelas cobertas pelas cortinas transparentes em voil branco.

2

Estampas florais das poltronas e almofadas alegram o living do refúgio de veraneio, cujo piso revestido de pedras em mármore branco leva o toque de aconchego e neutralidade do tapete em lã natural em tons crus.

3

Em uma sala de jantar onde tanto a parede quanto os móveis são brancos, a arquiteta Simone Goltcher decidiu pendurar um quadro com cores fortes. Dentro do nicho da estante também branca, um vaso decorativo alaranjado ajuda a colorir o canto da casa.

4

Nos dois ambientes acima, a arquiteta Fernanda Marques soube romper a neutralidade com uma única peça. De um lado, a mesa de centro na vibrante cor alaranjada e, de outro, o abajur azul.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...