Pages Navigation Menu

Carmen Flores: uma história de coragem e muita dedicação

Nascida em 1958 na cidade gaúcha de Rosário do Sul, filha de agricultores e com mais de 20 anos de experiência no mercado varejista, essa é a empresária Carmen Flores. Empreendedora e corajosa, pode-se dizer que sua vida deu uma reviravolta em 1981 quando decidiu partir para Porto Alegre. Abandonando seu marido e sua vida de submissão, tipicamente das famílias tradicionais interioranas, saiu em busca de um futuro melhor e mais emocionante para ela e sua filha Maribel.

Após trabalhar no departamento financeiro de uma loja de construção, recebeu a proposta para gerenciar lojas de móveis na Capital. Devido à relação criada junto a fornecedores e ao conhecimento adquirido quanto aos gostos dos clientes, Carmem decidiu abrir sua loja própria. Porém, um plano econômico inviabilizou seu negócio, obrigando-a a fechar as portas. Nesse momento, é convidada a gerenciar a Moda Casa, considerada a primeira loja a se estabelecer na Avenida Ipiranga na década de 1970. Após, torna-se gerente de outra rede de lojas e ganhar destaque ao atuar em comerciais como porta-voz da marca. De certa forma, sua famosa frase “na Ipiranga 7200 hein” se tornou célebre, ou melhor, quase um jingle entre os telespectadores.

Já com 20 anos de experiência no comércio de móveis em Porto Alegre, Carmen novamente deu um giro em sua vida e inaugurou a Carmen Flores Móveis e Decoração. Visando construir uma marca sólida e controlar de forma absoluta suas ações, a empresária passa a perseguir aquilo que mais acredita: conquistar a confiança dos consumidores oferecendo produtos e condições honestas, sendo, porém, sempre fiel as suas convicções.

Em que momento você começou a direcionar sua escolha profissional?

O primeiro emprego que consegui em Porto Alegre foi como auxiliar no departamento financeiro da Tumelero. Naquele momento percebi que a vibração do varejo me enfeitiçava. Do financeiro para as vendas, foi uma grande conquista. Essa oportunidade do Sr. Mércio Tumelero me abriu as portas desse novo mundo.

Quantas lojas Carmen Flores existem? Em termos de estratégia, o fato de a marca não ser vinculada somente a um estilo de móveis, mas ter uma loja, por exemplo, exclusiva para mobílias infantis, trata-se de um diferencial?

Hoje a loja divide-se em seis unidades, sendo cinco franqueadas no sistema “store in store”, sucesso nos Estados Unidos. É um sistema em que cada franqueado responde por um segmento (estofados, ambientes de jantar, projetos modulados, decorações e linha infantil). Com isso, o cliente em um único endereço encontra tudo o que necessita com muita especialização em cada setor. Desta forma, ele ganha qualidade e otimiza o tempo dedicado às compras.

Pessoalmente, qual o seu envolvimento nas lojas? Atua somente na administração e divulgação ou costuma estar presente nos estabelecimentos e acompanhar de perto a equipe?

Hoje, o meu envolvimento é “full time”. Ou seja, estou o tempo todo presente, acompanhando e criando mecanismos de motivação para a equipe. Além disso, procuro orientar os clientes, graças à bagagem de mais de 20 anos no varejo, o relacionamento com todas as entidades ligadas ao comércio aqui e no exterior e o fato de eu participar de diversos eventos, como simpósios, cursos, palestras e feiras. Só assim eu me sinto capacitada a tentar passar algo de positivo e otimista às pessoas.

Nas horas de lazer, o que você costuma fazer?

O meu trabalho é também o meu lazer e eu procuro compartilhar as coisas que eu gosto com a minha neta Vitória e a minha única filha Maribel, psicopedagoga e criadora da marca Mundo dos Sonhos Carmen Flores.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...